Porque você não está emagrecendo na LCHF

Por que você não está emagrecendo com a alimentação Low Carb High Fat (LCHF)!?

Uma alimentação LCHF é aquela que se baseia em uma baixa ingestão de carboidratos e numa (teórica) alta ingestão de gordura, o problema é que muito se fala sobre o quanto você deve ingerir de carboidratos e muito pouco sobre o quão alta deve ser a ingestão da tal gordura.

Por muito tempo cometi um grande erro na dieta sem ao menos ter ideia disso: exagerei na quantidade de gorduras que comia.

Resultado: acabei estagnando o emagrecimento. Não é à toa que abandonei esse rótulo LCHF e passei a utilizar apenas a nomenclatura LOW CARB quando, por algum motivo, preciso dar nome a minha alimentação.

O rótulo Low Carb High Fat é utilizado para denominar uma dieta onde a maior parte das calorias ingeridas na alimentação é oriunda da porção de gorduras (lipídeos) e a menor quantidade das calorias vindas dos carboidratos. O que não quer dizer que você tem que comer muito mais gordura e muito menos carboidratos!

Assista o vídeo e entenda porque as pessoas acabam exagerando no consumo de gordura sem perceber e, com isso, estagnam seu emagrecimento!

Eu não sei você, mas eu não tinha ideia de que os lipídeos (gordura) são capazes de proporcionar 9 calorias a cada grama para nosso organismo, enquanto os carboidratos e as proteínas dão 4 calorias a cada grama. Ou seja, a gordura é duas vezes mais calórica que os outros macronutrientes.

Dito isso fica fácil concluir que apenas substituir as quantidades de carboidratos pelas mesmas quantidades de gordura é um grande erro. Isso porque uma porção de gordura possui mais que o dobro das calorias da mesma porção de carboidratos ou proteína e, por isso, são capazes de fornecer mais que o dobro de energia ao organismo.

Em geral, os alimentos possuem uma mistura dos macronutrientes. Isso quer dizer que você nunca estará ingerindo proteína, carboidrato ou gordura de forma isolada naturalmente. Geralmente são os industrializados que tendem a fazer isso, de forma artificial.

Na natureza o que temos são:

  1. Alimentos ricos em proteínas e gorduras e pobres em carboidratos, como as carnes, queijos amarelos e ovos.
  2. Alimentos ricos em gordura, com quantidades bem pequenas de proteínas e quase nada de carboidratos, como o coco, abacate, azeite, manteiga, óleo de coco, creme de leite, leite de coco e oleaginosas.
  3. Ou alimentos ricos em carboidratos e com proporções bem menores de proteínas e gorduras, como as frutas em geral, raízes e grãos.

Ps: Lembrando que estou citando os alimentos que entram em uma alimentação Low Carb.

O que quero deixar claro aqui é que a mistura de CARBOIDRATOS + GORDURA não existe em praticamente nenhum alimento na natureza e isso não ocorre por acaso. Esse tipo de “mistura” acaba por enganar os mecanismos de saciedade do corpo.

A combinação “carboidratos mais gordura” só pode ser encontrada em comidas criadas pelo homem, que por serem altamente palatáveis acabam por tornar o consumo exagerado algo fácil de ocorrer.

Esse é um dos motivos pelos quais é tão fácil comer 1kg de batata frita ou sorvete enquanto comer uma grande quantidade de carne em um churrasco não é tarefa tão simples assim. O outro motivo é o fato de a gordura ser um macronutriente capaz de gerar alta saciedade.

alimentos-low-carbPor isso que comer comida de verdade e da forma mais natural possível torna-se tão importante para que uma alimentação seja saudável e equilibrada.

Acontece que, mesmo seguindo uma alimentação baseada em comida de verdade ainda é possível estagnar o emagrecimento na LCHF. Isso porque, muito por causa do rótulo de “alta gordura”, as pessoas tem a falsa impressão de que existe a necessidade de adicionar gordura em suas refeições.

Adicionar fontes de gordura nas refeições é o maior erro e o maior e o principal motivo pelo qual as pessoas param de emagrecer, mesmo seguindo uma alimentação Low Carb High Fat. 

Uma boa dica para não cometer o erro de exagerar na ingestão de gordura é, como expliquei no vídeo, não adicionar gordura onde ela não existe naturalmente. Isso significa que você não deve se preocupar em ingerir gordura, separadamente, deixe que a gordura natural dos alimentos seja a única fonte de gordura da sua alimentação.

Pra mim, uma ou duas fontes de gordura em cada refeição são o suficiente para atender nossas necessidades desse macronutriente. E lembre-se sempre que os alimentos fonte de proteína também são fonte de gordura e devem ser considerados nessa conta.

LCHFOu seja, uma carne gorda como picanha, contra-filé, costela, acém, etc, apesar de serem fonte de proteína, também são fonte de gordura, assim como os ovos, os queijos amarelos, os iogurtes, a manteiga, a nata, o creme de leite, entre outros.

Basei sua alimentação em comida de verdade e escolha sempre uma ou duas fontes de gordura para comer em cada refeição e você não errará.

  • Se comer ovos com queijo, não tome café com nata.
  • Se quiser comer ovos com bacon, dispense o quejo.
  • Se for comer picanha na manteiga com salada, dispense o azeite.
  • Se for comer pasta de alguma oleaginosa, maneire em alguma fonte de gordura posterior

E assim por diante, mas lembre-se: mesmo em uma alimentação LCHF o excesso de gordura também engorda. Pratique o equilíbrio. Experimente diferentes porções de gordura na sua alimentação e descubra com qual o seu corpo mais se adapta!

Espero que tenha gostado do post! Caso tenha dúvidas, sugestões ou dicas para passar, deixe um comentário abaixo e responderei assim que possível.

Beijos e até a próxima!

Tenha acesso a deliciosas receitas Low Carb, feitas 100% de comida de verdade, para todas as ocasiões, adquirindo nosso e-book “Cozinha de Verdade” no botão abaixo:

QUERO MEU E-BOOK!

Se você ainda não é inscrito no canal do Youtube do Você Mais Fitness, aproveite para se inscrever clicando aqui.

Siga o Você Mais Fitness nas redes sociais!

  1. Facebook: Você Mais Fitness
  2. Instagram: Você Mais Fitness
  3. Snapchat: maria-luizass

Fique informado! Cadastre seu email no Você Mais Fitness e receba novidades, artigos e dicas imperdíveis para ter uma vida mais saudável (grátis)!

 

 

  • Marcia Prado

    Malu, amo seu canal, estava acompanhando a low com Dr Souto e acabei te achando. Porém estou estagnada, e com muitas dúvidas ainda. Mesmo estando a 3 meses de dieta emagreci 8kg nestes 3 meses. Tenho hipotiroidismo, estou em uma fase um pouco complicada na minha vida, e a ansiedade está super grudada. Queria muito te pedir ajuda, e se não conseguir me ajudar vou te entender. Será que vc poderia montar um cardápio pra mim. Tenho 47 anos e ainda 17 kg acima do meu peso. Agradeço muito. bjim

  • Oi, Marcia!

    Obrigada pelo carinho!! =]
    Seus resultados são ótimos!! Talvez vc precise ter um pouco mais de paciência, ninguém ganha muito peso do dia pra noite… da mesma forma, pra perder tb leva tempo.
    Infelizmente eu não posso montar um cardápio pra você. Mas acredito que nos vídeos eu passe uma boa ideia do que entra numa alimentação Low Carb! Inclusive no último vídeo eu mostrei 3 dias da minha alimentação. Se vc ainda não viu é só entrar no link abaixo:
    https://youtu.be/MaqvEiS2_CU

    Espero ter ajudado.
    Beijos!

  • Michelli Klein

    Bom dia, preciso de sua ajuda urgentemente…..Estou fazendo a dieta a 15 dias, mais não emagreço nada. Estou seguindo certinho cortei todos carboidratos, frutas…no máximo como uma fatia de melão…Não emagreci ainda, me sinto saciada, minha alimentação baseia-se em carne, legume, folhas…muita agua durante o dia….onde posso estar errando??????

  • Adriana Sampaio

    Estou na mesma situação, vamos aguardar ajuda do grupo.

  • Jacqueline Miranda

    Olá Malu, seu vídeo foi o primeiro que assisti à respeito de low carb, gostei tanto que já assisti vários, estou à 40 dias mais ou menos na low carb. Minha pergunta é: se não se deve exagerar na gordura, qual a diferença entre low carb e low carb high fat? Beijos, tomara que vc responda 🙂